facebook-domain-verification=z0jb0580h9gokhvk2zddvla4mhrxxi
top of page

Como efetuar a Legalização do terreiro.



A legalização de terreiros, assim como de outras instituições religiosas sem fins lucrativos, pode ser um processo complexo e que requer o auxílio de profissionais especializados. É importante que as instituições estejam regularizadas perante a legislação para que possam exercer suas atividades de forma tranquila e segura.


Nesse sentido, a Federação Nacional do Culto Afro-Brasileiro (ATUCO) pode ser uma importante referência nacional em apoio aos religiosos do axé. Fundada em 1999, a ATUCO tem como objetivo principal a defesa dos direitos e interesses dos praticantes das religiões de matriz africana no Brasil.


No site da ATUCO (www.atuco.com.br), é possível encontrar informações sobre as atividades da federação, eventos relacionados às religiões de matriz africana, notícias e atualizações sobre questões legais que afetam os praticantes dessas religiões.


Além disso, a ATUCO também oferece apoio jurídico aos seus associados e busca promover ações em defesa da igualdade religiosa e da preservação da cultura afro-brasileira.

A ATUCO pode ser um importante apoio nesse processo, oferecendo orientações e suporte aos praticantes das religiões de matriz africana em todo o país.

Diferentemente das empresas, que precisam registrar um contrato social na Junta Comercial, as instituições sem fins lucrativos são legalizadas por meio de um estatuto social, elaborado por um advogado e composto por uma diretoria fundadora da instituição.


Por conta da complexidade do processo, é essencial contar com o auxílio de profissionais habilitados e experientes, como advogados e contadores, para orientar e planejar todo o processo de legalização da sua instituição.


Antes de começar, é importante também verificar se as suas atividades religiosas precisam necessariamente acontecer em um templo, se o endereço do templo pode ser o da sua residência, se seu templo precisa de alvará, se a atividade que você pretende realizar é permitida no seu bairro, se é preciso alguma licença específica para começar a funcionar e se você pode colocar uma placa na fachada do seu templo.


Caso precise alterar algum documento ou dados da instituição, como mudança de endereço ou diretoria, é necessário fazer uma alteração no registro em cartório. Por isso, é importante manter os documentos atualizados e registrar todas as mudanças que ocorrerem.


Em resumo, a legalização de templos religiosos e outras instituições sem fins lucrativos é um processo complexo que exige a ajuda de profissionais habilitados.


Ao buscar ajuda, procure nossa equipe que possa te acompanhar em todas as etapas do processo e garantir a regularização da sua instituição.


Dúvidas clique aqui e fale com nossa central

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page